Marcha dos Xeneizes

Na torcida 04/07/2012
Aquecimento da torcida do Boca no centro de SP antes da final da Libertadores

Atos de vandalismo, brigas por um lugar nos ônibus e trânsito travado marcaram a concentração e saída tumultuadas dos torcedores do Boca Juniors do centro de São Paulo rumo ao Pacaembu. Na Praça Júlio de Mesquita, em frente ao hotel América do Sul, hóspedes argentinos arremessaram colchões e roupas de cama pela janela.

Segundo relato de comerciantes, uma bandeira do Corinthians foi queimada no local. A polícia precisou isolar a área, o que provocou congestionamento ainda pior do que o habitual na região central entre 17h30 e 18h30.

boca3 (1 de 1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Houve empurra-empurra quando dois ônibus chegaram para levar os xeneizes ao estádio. Mesmo com vários em pé nos corredores dos veículos, uns 30 torcedores ficaram de fora.  Alguns tentaram pegar táxis. Nenhum parou.

Em meio à batucada, antes da chegada dos ônibus, um torcedor oferecia ingresso no setor de visitantes por R$ 500. Vários dos argentinos, inclusive, não tinham entradas para o jogo.

boca9 (1 de 1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Até certo ponto, a festa estava animada. Com percussão e cornetas, cantaram pacificamente. Mas CET e PM teriam de ter previsto que a folia descambaria poderia descambar para baderna. Muitos policiais, no entanto, que reclamavam em alto e bom som por ter de  escoltar o "inimigo'', não pareciam preocupados com o fracasso da operação.

ONE COMMENT ON THIS POST To “Marcha dos Xeneizes”

  • João Ricardo

    04/07/2012 at 20:33

    Caracas!

Leave a Reply