Na torcida 08/09/2012
Morumbi – Brasil x África do Sul

Milhares de torcedores sofreram para entrar no Morumbi, a maioria por causa de problemas com ingressos comprados pela internet. Enquanto isso, dúzias de cambistas tiravam proveito da situação, sob o olhar sempre omisso da polícia. Se Brasil x África do Sul era mesmo um evento teste para a Copa 2014, não passamos.

Na bancada era quase impossível se deslocar para comprar uma água. As escadas viraram assentos. Havia orientadores, mas nenhum deles orientava. Muitos, aliás, assistiam ao jogo.

No intervalo, chegar ao corredor para ir ao banheiro foi missão impossível na arquibancada azul. Quem se aventurou perdeu os primeiros minutos do 2º tempo e o lugar. E na hora de ir embora, mesmo quem esperou dez minutos após o término da partida, saiu do estádio feito gado. Como são poucas saídas no Morumbi, o gargalo sufocante é inevitável.

Também por essas, e não somente pelo mau futebol, o torcedor paulistano perdeu a paciência tão rápido com a seleção. Antes do início da partida começaram os coros pedindo Muricy e Felipão. E com 5 minutos de bola rolando, após uma matada de canela de Leandro Damião, vieram os pedidos por Luis Fabiano.

Aos 8 minutos o time inteiro já era vaiado. Neymar foi chamado de pipoqueiro e já no primeiro tempo a galera ensaiou uns  "olés" pró África do Sul.

Mano Menezes foi lembrado com gritos de burro quando sacou Lucas. Hulk entrou no lugar dele e fez o gol, mesmo assim a galera não deu trégua e continuou xingando o treinador. E assim São Paulo manteve sua fama de casa inóspita à seleção.

 

 

 

 

Leave a Reply